Notícias

Marca Pessoal: A importância de construir a sua imagem com propósito
Você já ouviu falar em marca pessoal? Seja qual for a sua área de atuação - profissional, empreendedor, estudante, executivo ou até mesmo freelancer -, você também é uma marca. E é muito importante saber construir e gerir essa imagem pessoal, pensando principalmente em como queremos ser vistos e lembrados.
Bruna Schuck Nunes Corrêa, que é Relações Públicas, especialista em Comunicação Estratégica e Branding e Mestra em Indústria Criativa, explica que “todos nós somos, de alguma forma, uma marca pessoal”.
Quando conhecemos algo novo, por exemplo, automaticamente criamos uma impressão sobre aquilo. Nossas observações se tornam opiniões, as chamadas primeiras impressões, que estão diretamente relacionadas à imagem que temos dessa novidade.
De acordo com Bruna, “nós, de forma geral, quando pensamos em uma pessoa já realizamos uma análise, mesmo que inconsciente, por meio das experiências e situações que tivemos”. Você já ouviu a expressão “julgar o livro pela capa”? Esse é um ato intuitivo da natureza humana e também acontece em relação às pessoas. É por isso que é importante ficar atento à imagem que você está passando, seja como empresa ou profissional.
Bruna explica que “todos possuímos uma imagem uns dos outros, mas o quão positiva ela será é justamente conforme o olhar estratégico e atento a ela. Quanto mais questões positivas, melhor será a percepção da marca pessoal”. Isso quer dizer que podemos trabalhar para construir uma marca pessoal de acordo com a imagem que queremos transmitir.

Definição de marca pessoal
Assim como a marca corporativa, também existe a marca pessoal, que quer dizer ter sua imagem e identidade comunicadas intencionalmente para transmitir sua história e verdades da forma mais clara e consistente possível. Bruna define a marca pessoal como “a construção das percepções dos valores e propósitos, aquilo que é passado sobre você e como as pessoas te percebem”.
É possível construir a marca pessoal, e isso é chamado de “branding pessoal” ou “personal branding”, que é a gestão da sua marca pessoal. A mesma lógica aplicável a uma marca que deseja ser referência no mercado, é aplicada para a construção de uma marca pessoal. Por meio de planejamento, estratégias e ações de comunicação, com o principal objetivo de consolidar uma reputação.
Trabalhando esses pontos de forma estratégica é possível fazer com que sua marca pessoal se destaque e seu nome passe a ser lembrado como uma preferência e referência. Segundo Bruna, “o olhar para a marca pessoal, assim como para qualquer marca, é fundamental! É o que nos difere dos demais. Com a gestão eficaz da marca pessoal, é possível construir estratégias alinhadas e que criem cada vez mais destaque”.

Papel do propósito na construção da marca pessoal
Para construir uma marca pessoal, é preciso ter bem definido e claro qual é o seu propósito. Bruna destaca que “as marcas são construídas consciente ou inconscientemente, por isso, quanto mais consciência tiver das ações e posicionamentos, melhor e mais verdadeira será essa construção”.
É exatamente por isso que “é fundamental ter claro o seu propósito e o que deseja transmitir, qual a imagem quer que tenham da sua marca pessoal, quais mensagens quer passar, quem é o seu público, quais são seus objetivos e metas e como quer ser percebido” explica a Especialista em Comunicação Estratégica e Branding.
O branding pessoal é muito mais do que um conjunto de análises e ações estrategicamente pensadas. A gestão da sua marca está ligada ao comportamento e relacionamento, resultando da forma com que você se relaciona com seus públicos. Portanto, mais do que ter a definição clara do seu propósito, é importante saber como você transmite seu propósito, como você cria conexão, empatia e identificação com quem te acompanha.
Bruna complementa que “o propósito da marca é o que precisa estar em evidência, é por meio dele que os públicos irão gerar vínculos, conexões e parcerias. Deixando claro os objetivos, a sua missão e propósito, sua marca mostrará a verdade e a essência, por isso, a importância de ter tudo alinhado”.

Construindo e consolidando a sua marca pessoal
Tenha em mente que a construção de uma marca pessoal não é feita do dia para a noite, pois ela “é a soma de todas as ações, posicionamentos, experiências criadas, situações e forma de se comunicar. Tudo isso vai construindo a imagem da marca, como as pessoas a veem e a percebem”, explica Bruna.
O primeiro passo para começar esse processo é “perceber a importância de olhar com carinho para a sua marca pessoal, se aprofundar nela, registrar as ideias e estratégias e ler sobre assuntos que estejam de acordo com ela”.
Bruna traz a sua visão sobre contar com profissionais qualificados para ajudar nesse processo de branding pessoal, o que pode alavancar a marca: “Um dos grandes equívocos dos empreendedores é pensar que o olhar para a marca e buscar profissionais para fazer trabalhos em conjunto é apenas possível em grandes marcas. E justamente precisamos pensar de forma contrária. Foi pensando em tudo isso que pequenas marcas se tornaram grandes! Mesmo com micro, pequenas e médias empresas, é preciso pensar grande quando o assunto é marca. E não falo aqui de grandes investimentos financeiros, falo de conhecer a marca cada vez mais para comunicar e se posicionar de forma eficaz”.
Uma grande aliada nesse processo são as redes sociais, pois “possuem cada vez mais um papel importante na construção das marcas, uma vez que o seu alcance é muito grande, por atingir os públicos de forma mais rápida e com menor custo, além das diversas possibilidades de ações e estratégias que as ferramentas proporcionam”, destaca Bruna.
Além disso, ela alerta que “a sua rede social deve ser o reflexo da sua marca real, passando as mensagens por meio de imagens, conteúdos e estratégias que condizem com o propósito. Caso contrário, sua reputação estará em jogo! A presença digital nos dias de hoje não é mais um diferencial, tornou-se essencial”.
Bruna chama atenção para um ponto importante: “É preciso se adaptar às novas realidades. Isso tanto no campo da imagem da marca pessoal quanto nas vendas e propagação de produtos e serviços. Em 2021, só no Brasil, existem mais de 95 milhões de contas no Instagram. Então, ficam dois questionamentos: Se tudo hoje está voltado para as redes sociais e novas tecnologias, por que você não estaria presente? E o que te diferencia nas redes sociais para que a sua marca tenha destaque frente às demais?”.
Com essas perguntas e todas as informações destacadas aqui, é hora de começar a incluir a gestão da sua marca pessoal no dia a dia, consolidando a sua reputação e se tornando referência no seu segmento.
VOLTAR PARA O INÍCIO